CESC aprova acompanhamento pedagógico a pais de crianças e adolescentes

    Foto: Acácio Pinheiro/Agência Brasília

#

A Comissão de Educação, Saúde e Cultura (CESC) da Câmara Legislativa do Distrito Federal aprovou, em reunião na tarde desta segunda-feira (22), o PL 472/2019, que garante o acompanhamento pedagógico de crianças e adolescentes pelos pais ou responsáveis nas escolas públicas e privadas do DF.

De acordo com a proposta do deputado João Cardoso (Avante), as instituições de ensino devem ofertar no mínimo duas reuniões pedagógicas por semestre com os pais de alunos para que eles possam participar da definição de modelos educacionais. O texto prevê também a liberação dos pais de suas atividades laborais por até oito horas semestrais para atender a este fim.

Cardoso elenca especialistas na área de Psicologia Escolar para argumentar que “quando os pais participam ativamente da vida de seus filhos e se engajam, inclusive, no cotidiano escolar da criança, a tendência é que os alunos se dediquem e se esforcem mais, além de se sentirem apoiados”. Por isso, é extremamente importante participar e conhecer o modelo pedagógico adotado pela escola, garantindo às crianças um bom acompanhamento familiar, complementa.

O relator da matéria na comissão, deputado Leandro Grass (Rede), frisou a importância da parceria entre os pais e a escola. “Acompanhar a trajetória educativa dos estudantes é um direito e um dever das famílias”, observou, ao acrescentar que “uma das formas mais usuais de as famílias dialogarem com a escola é participando das reuniões escolares”. Em outro ângulo, Grass também vê ganhos, uma vez que a instituição de ensino tem a oportunidade de conhecer melhor o perfil da sua comunidade e obter o engajamento das famílias para realização do seu trabalho educativo, o que fortalece a relação de confiança e de cooperação entre escola e família.

Agora, o projeto segue para apreciação da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e do plenário da Casa. Participaram da reunião remota de hoje, transmitida ao vivo pela TV Web CLDF e pelo Canal da Casa no Youtube, os deputados Arlete Sampaio (PT), Leandro Grass e Delmasso (Republicanos).

Crédito: Franci Moraes
Foto: Acácio Pinheiro/Agência Brasília
Núcleo de Jornalismo – Câmara Legislativa