Nos próximos dias 9, 10 e 11 de novembro, a Legião da Boa Vontade (LBV) promoverá a edição on-line de seu 25º Congresso Internacional de Assistência Social, que discutirá “O impacto da Covid-19 e o futuro da Assistência Social”. A expectativa é reunir profissionais atuantes nas áreas da Assistência Social e dos Direitos Humanos, representantes da sociedade civil e de movimentos sociais, educadores sociais, estudantes e pessoas interessadas no tema.

 

O evento tem como objetivo discutir os desdobramentos da pandemia na Assistência Social, na promoção da cidadania planetária, propondo caminhos aos desafios gerados pela instabilidade econômica, que resultará no aumento das demandas sociais. Durante três dias, o congresso reunirá diversos palestrantes que apresentarão importantes contribuições acerca da temática do evento, entre eles:

 

Abigail Torres, doutora em Serviço Social, Políticas Sociais e Movimentos Sociais, pesquisadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Seguridade e Assistência Social da Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP) e consultora em Gestão de Políticas Públicas, com destaque para Assistência Social e Política de Direitos de Crianças e Adolescentes. Também atua com capacitação de profissionais, representantes de organizações sociais e conselheiros e, ainda, na formulação e avaliação de políticas sociais e falará sobre “Vínculos protetivos em tempos de isolamento social”;

 

Ana Cristina Corrêa Guedes Barros, graduada em Serviço Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com MBE em Responsabilidade Social e Terceiro Setor pelo Instituto de Economia (UFRJ) e MBA Executivo pela Coppead (UFRJ). Atualmente exerce o cargo de Gerente de Assistência do Departamento Nacional do Serviço Social do Comércio (Sesc). Em sua palestra abordará o tema O fortalecimento da sociedade civil para o enfrentamento das desigualdades e da insegurança alimentar”;

 

— Ana María Salhuana, doutora em Economia, especialista em Administração de empresas e representante do Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (PMA), na Bolívia. Em 25 anos de atuação no PMA, ela ocupou os cargos de diretora de Orçamento e Finanças na sede da organização em Roma e ainda o de diretora de Finanças em países em situação de emergência, incluindo Afeganistão, Filipinas, Serra Leoa e Colômbia. Também atuou no Sudão do Sul. O foco de sua palestra será “Os impactos da Covid-19 em comunidades vulneráveis”;

 

Antonio Paulo Espeleta, especialista em Gestão de Organizações sem Fins Lucrativos pela Universidade de Berkeley-CA. Atuou como secretário e assessor do diretor-presidente da Legião da Boa Vontade, José de Paiva Netto; integrou o Conselho Administrativo e foi supervisor socioeducacional da Instituição. É Superintendente Social da LBV. Em sua explanação discorrerá sobre “O acolhimento social da LBV na pandemia da Covid-19”;

 

Carlos Ferrari, mestre em Administração pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS) e pós-graduado em Marketing e Comunicação Persuasiva pela Fundação Cásper Líbero. Ele presidiu o Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS), gestão 2010-2012, atuou como titular no Conselho Nacional de Saúde (CNS) e atualmente é membro do Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Conade). Também é conteudista e consultor para assuntos relacionados à gestão, implementação e controle social no âmbito da Política Pública de Assistência Social (SUAS) e Inclusão da Pessoa com Deficiência. Suas contribuições para o evento terão como foco as “Ações intersetoriais na Assistência Social”;

 

Priscilla Maia de Andrade, assistente social, mestre e doutora em Política Social, é professora da Universidade de Brasília (UnB) desde 2011 e possui experiência na área de Assistência Social, gênero, família e violência intrafamiliar. Na sua palestra, apresentará um “Panorama da Assistência Social na transpandemia e no pós-pandemia”.

 

O evento é gratuito e, para participar, é necessário fazer a inscrição que pode ser feita acessando: www.lbv.org/congressosocial! Compartilhe também com os amigos e faça parte deste importante encontro!

 

Carreta das 500 mamografias está em Luziânia. Unidade móvel deve encerrar Outubro Rosa com número recorde de exames preventivos de câncer em mulheres do Nordeste goiano


Foto: Hemilton Prateato.

A Carreta da Prevenção, unidade móvel de prevenção gerida pela Policlínica de Posse está em um esforço concentrado para fechar a última semana de atendimentos itinerantes com um número expressivo de 500 mamografias em mulheres da região nordeste de Goiás.

Após passar por Campos Belos e Formosa, a unidade está em Luziânia, nesta semana, realizando atendimentos de mamografia e preventivos de colo uterino. 

De acordo com o diretor administrativo da Policlínica de Posse, unidade do Governo de Goiás, Thadeu Grembecki, a meta é priorizar ao máximo o trabalho neste mês, pelo simbolismo da campanha Outubro Rosa.

“Estamos empenhados em reforçar as ações neste mês de combate ao câncer de mama e na atenção à saúde para as mulheres nesta região. Sabemos que há uma carência na disponibilidade desse tipo de exame e priorizamos o que importa em mais significativo para a população”, frisa.

Esta é a terceira semana em que a Carreta da Prevenção percorre cidades-polo do interior, levando mamografias e exames ginecológicos. A primeira foi Campos Belos, distante 650 quilômetros de Goiânia e que teve um destaque no atendimento às mulheres da comunidade quilombola Calunga. Em seguida, a carreta foi para Formosa, onde também fez os mesmos exames tipos de exames, em uma média de 30 por dia.

Em Luziânia, a realidade é a mesma observada nas cidades anteriores. As mulheres sempre tiveram dificuldade para conseguir agendar uma mamografia, pois esse exame de maior custo não é disponível na maioria das cidades do interior. A solução é conseguir para Goiânia, por meio da regulação, em uma verdadeira ‘odisseia’ para as mulheres.

Facilidade

A contadora e acadêmica de direito Elienai Cândido da Silva Santos, 36 anos, conta que há cinco anos teve indicação para fazer uma mamografia e precisou se deslocar para Goiânia. “Agora temos essa facilidade de a unidade de exame vir até nossa cidade. Essa é uma vantagem muito grande para as mulheres dessa região, porque podem agendar e fazer aqui mesmo, sem precisar ir para Goiânia.”

Além de Luziânia, o Complexo Regulador Estadual, da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (CRE/SES-GO), disponibilizou cotas de exames para as cidades de Águas Lindas de Goiás, Novo Gama, Cristalina e Santo Antônio do Descoberto, no Entorno do distrito Federal.

Foto: Hemilton Prateato.

 


Obras pra melhorar a qualidade de vida das pessoas e gerar empregos para reduzir o impacto da crise da Covid-19. Já são mais de 393 obras, entre finalizadas e em execução, com investimentos de mais de R$ 2,2 bilhões, criando renda e milhares de empregos



Em menos de dois anos, o Governo do Distrito Federal coleciona um quadro de 393 obras, entre concluídas e em execução. São R$ 2,269 bilhões investidos, pagos ou contratados, para dar mais qualidade de vida à população. Mesmo durante a pandemia, o ritmo não diminuiu e a máquina pública se esforçou para não deixar a cidade parada. Entre as ações, estão intervenções em água e esgoto, urbanização, iluminação, desenvolvimento rural, viadutos e muita dedicação à qualidade de vida.

Somente neste ano, 116 obras foram concluídas e entregues – totalizando R$ 407,229 milhões investidos. São destaques três unidades básicas de saúde (UBS), a nova Ponte do Bragueto e a praça da Galeria dos Estados, bem como a ampliação do balão de saída de Águas Claras, a entrega de três estações do Metrô – Estrada Parque, 106 e 110 Sul –, a reforma do Terminal Rodoviário de Sobradinho e as melhorias do Mercadão do Núcleo Bandeirante – demandas antigas das comunidades dessas regiões, além da Galeria dos Estados, no Eixo Rodoviário Sul. O GDF ainda inaugurou um novo canal de abastecimento em Vargem Bonita e a Praça dos Direitos do Itapoã.

Trabalho intenso
Atualmente, há mais de cem intervenções em andamento, com recursos que somam R$ 1,885 bilhão. Desses trabalhos, destacam-se sete unidades de pronto-atendimento (UPA) e cinco novas UBS; a recuperação da Avenida dos Pioneiros, no Gama; a reforma das tesourinhas do Plano Piloto; o recapeamento da Estrada Parque Indústrias Gráficas (Epig); o túnel de Taguatinga e as diversas melhorias de urbanização e drenagem em Vicente Pires. Também seguem as construções de calçadas, de ciclovias e reformas de pontos importantes da capital, como a W3 Sul. Juntas, essas obras geram mais de 7 mil empregos diretos e indiretos.Obras do Túnel de Taguatinga | Foto: Paulo H Carvalho/Agência Brasília

Das entregas de 2019, há ainda as construções de centros de educação da primeira infância (Cepi) e execuções e manutenções de calçadas. E vem mais por aí. Entre tantas outras intervenções, estão previstas para começar em breve as melhorias no Setor de Rádio e TV Sul, as reformas das demais quadras da W3 Sul, a transformação da Avenida Hélio Prates e o viaduto do Recanto das Emas.

“O Distrito Federal não parou sequer um minuto”, ressalta o governador Ibaneis Rocha. “Mesmo em épocas ruins, temos que manter a cabeça erguida, mostrando para a população que tudo vai ter uma saída. Estamos fazendo obras em todas as cidades para empregar mais e mostrar que, se 2020 foi difícil, 2021 vai ser um ano bem melhor. Vamos trabalhar cada vez mais.”

Por sua vez, o secretário de Economia, André Clemente, acredita que, após a crise provocada pela pandemia, o DF terá um legado por ter se esforçado em não deixar a cidade parar. “Acreditamos que a questão epidemiológica é uma das vertentes de gestão dessa crise”, avalia. “A outra é a questão social, de assistência, de desemprego, de fome. A terceira é a onda econômica. Se mantivermos os gastos públicos em dia, a segurança jurídica, a confiança econômica dos setores, vamos voltar a crescer mais rápido no ano que vem”.

As obras são fator importante para enfrentar o desemprego – um grave reflexo da pandemia, como aponta o secretário de Obras, Luciano Carvalho. “A construção civil é um dos pilares para a retomada dos empregos, uma vez que emprega muito e emprega rápido”, pontua. “Esse é um dos motivos pelos quais não estamos medindo esforços para tirar do papel inúmeras obras”.

Acompanhamento constante
O monitoramento das obras de todos os órgãos do GDF é realizado rotineiramente pela Secretaria de Governo. “Apesar de todas as dificuldades por causa da pandemia, o governo tem focado em todas as regiões administrativas, sem contar as ações de zeladoria”, aponta o titular da pasta, José Humberto Pires.

“O cuidado com a cidade para mantê-la conservada, além de obras que são fonte de emprego e renda, não parou”, assegura o secretário. “Estamos usando tudo o que tem de recursos federais, de emendas parlamentares, refazendo convênios e investindo nas cidades”.

O diretor-presidente da Novacap, Fernando Leite, destaca ainda o papel fundamental da companhia nesse processo de cuidado e busca de melhorias para as cidades. “Atuamos em duas vertentes: mantemos a cidade limpa, organizada e em funcionamento com zeladoria diuturna nas cidades, a partir dos programas Cidade Sempre Viva e GDF Presente”, enumera. “Também trabalhamos nas obras de edificação e urbanização em todas as cidades. Nada disso pode parar, porque atende às reivindicações da população e traz aumento da oferta de emprego e renda”




















Fotos: Renato Alves.

 

O SindiCONDOMÍNIO-DF tem trabalho reconhecido em prol dos condomínios foi criado no ano de 1991. Depois de 29 anos da sua criação, hoje o sindicato é um dos mais respeitados do Distrito Federal


Atualmente, mais de 700 condomínios são filiados ao SindiCONDOMÍNIO-DF tem trabalho reconhecido em prol dos condomínios. A instituição está atuando de forma mais ampla e organizada do que somente “realizar as convenções coletivas de trabalho”, mas também com a oferta de cursos aos síndicos, serviços de atendimento na área de engenharia, contábil e jurídica. 

SindiCONDOMÍNIO-DF tem trabalho reconhecido em prol dos condomínios tem como seu principal objetivo representar os interesses patronais dos condomínios de apartamentos, casas, comerciais e centros de compras (shopping centers). São realizadas quatro convenções coletivas de trabalho ao longo de todo o ano.

A Diretoria Executiva do SindiCONDOMÍNIO-DF tem trabalho reconhecido em prol dos condomínios identificou também nos últimos tempos a necessidade de atuar mais próximo aos representados, fazendo o acompanhamento de projetos de lei tanto no Congresso Nacional quanto na Câmara Legislativa do Distrito Federal, e intervindo, sempre que necessário, em defesas dos interesses dos condomínios.

Antonio Carlos Saraiva de Paiva, Presidente da Diretoria Executiva do SindiCONDOMÍNIO-DF tem trabalho reconhecido em prol dos condomínios afirma que o trabalho mais que triplicou durante a pandemia. “Criamos a central de atendimento agora na pandemia e desde o dia 18 de março já realizamos mais de 1800 atendimentos, tudo isso em home Office”, afirma.

“O sindicato hoje tem mais de 700 condomínios filiados e as vantagens são enormes como, por exemplo, parte jurídica, parte contábil, todas as áreas com especialistas renomados. Estamos conversando com o GDF para ter uma lei e os condomínios poderem comprar no atacado dentro do próprio DF para o dinheiro circular todo aqui dentro”, conclui. 

Também vale ressaltar que hoje, as mesas-redondas entre patrões e empregados ou entre empresários têm colaborado para eliminar divergências e evitar as pendências judiciais.

Creusa Lins, administradora de 2 condomínios, na 316 sul e 213 sul, afirma que a orientação do sindicato é de uma excelência fora de série. “Hoje estou com 2 condomínios e sempre estive com condomínio filiado ao sindicato. O sindicato está ali para te dar a mão, uma orientação, uma ajuda, te falo com toda certeza que a vida do síndico não é fácil. Eu tenho sempre a orientação e posso me reportar a eles. É uma responsabilidade enorme ser sindico. A instituição sempre está nos ajudando no que precisamos”, disse.

O sindicato sabe da importância de colaborar com a formação dos gestores de sua base, para que os síndicos tenham uma administração de excelência nos seus condomínios. 

O sindicato fica localizado no SIG/SUL, Quadra 01 – Lotes 505, Sala 26 – Térreo, Edifício Barão do Rio Branco. O telefone é o Telefone: (61) 3225-9552 e o e-mail: secretaria@sindicondominio.com.br.

 

A proposta institui uma campanha continuada de conscientização e de prevenção

Foto: Rogério Oliveira.

Na última segunda-feira (26), foi aprovada a Lei 6704/2020 de autoria do vice-presidente da Câmara Legislativa, deputado Delmasso (Republicanos). A Lei institui a campanha continuada de conscientização e de prevenção da síndrome do pensamento acelerado do Distrito Federal.

A Síndrome do Pensamento Acelerado é uma alteração, onde a mente fica repleta de pensamentos, estando completamente cheia durante todo o tempo em que a pessoa está acordada. Essa condição dificulta a concentração, aumenta a ansiedade e desgasta a saúde física e mental.

O objetivo é realizar campanhas para conscientizar a população em toda a administração pública, dando prioridade às escolas, hospitais, ambulatórios e centros de saúde. E dessa forma, levar informações sobre os principais fatores que desencadeiam os sintomas e também sobre o tratamento.

“O cuidado com a saúde mental foi deixado de lado por um bom tempo, mas eu acredito que a informação certa pode ajudar a população a identificar e tratar males como esse”, disse Delmasso.

 

Em meio às belezas do cerrado, nasce o mais novo empreendimento do Grupo Tauá de Hotéis! Quem aí está preparado para sair da rotina e vir conhecer esse projeto inovador? Vai começar a funcionar no próximo dia 30/10 o Tauá Resort Alexânia, que está localizado a cerca de 50 minutos de Brasília e 1h20 de Goiânia, teve todo o seu design de interiores assinado pelo escritório nova-iorquino Studio GAIA e projeto de arquitetura do renomado arquiteto Ricardo Julião


Para esta empreitada, o Grupo Tauá de Hotéis investiu R$170 milhões e nesta primeira fase serão entregues 212 apartamentos e 16 espaços para eventos. A previsão de entrega da estrutura completa, com 424 apartamentos, é para o início de 2022. Os apartamentos e suítes, além de serem totalmente equipados com ar-condicionado e terem acesso ao Wi-Fi, trazem um ambiente onde o conforto e modernidade andam lado a lado e podem acomodar até 2 adultos e 3 crianças.

Construir a maior empresa de lazer e entretenimento do País. A meta parece ambiciosa, mas é o que empresário mineiro João Pinto Ribeiro, dono da rede de hotéis e resorts Tauá, definiu como objetivo para os próximos dez anos. Aos 75, ele vai investir cerca de R$ 200 milhões até 2022. O dinheiro vai ser utilizado para ampliar e modernizar suas unidades de Atibaia, no interior de São Paulo, e de Caeté, em Minas Gerais, além de colocar em prática o mais ousado de seus projetos: construir parques aquáticos indoor, modelo que não existe no Brasil. “Viajamos para várias partes do mundo, da Turquia aos Estados Unidos, para encontrar o modelo ideal para nós aqui no Brasil”, afirmou Ribeiro.


Foto: Renato Ramos.

O plano é inaugurar um parque aquático indoor em cada resort da rede. O primeiro foi na cidade do interior paulista, em 2019. Esse ano foi a vez do Tauá Caeté. Em 2021, no Tauá Alexânia, entre Brasília e Goiânia. “Vamos criar algo totalmente inédito no Brasil. Nossos parques indoor terão os melhores equipamentos do mundo e garantirá que nossa ocupação se mantenha alta mesmo em dias frio, chuva, ou mesmo quando faz muito calor.” E os planos não param por aí.


Foto: Marcelo Castro.

Situado no coração do cerrado, o design e projeto arquitetônico conceitual assinado pelo premiado Studio GAIA, de Nova York, trazem para a obra a paixão por nosso país e pelos traços de Oscar Niemeyer com elementos inspirados no bioma, onde pode ser observado características da ‘savana brasileira’ logo no lobby, por meio da obra “Craquelado”, da artista Thayna Carneiro. Com uma rica referência na cultura do país, os grafismos que estão em suas paredes remetem a muitas das nossas cidades. As curvas de Niemeyer se fazem presentes desde os detalhes dos corredores até a marcenaria exclusiva e arredondada da cabeceira dos móveis das suítes, contribuindo para uma experiência única, elegante e surpreendente para os hóspedes.

O projeto inovador e sofisticado conta com uma área de lazer de 13.700 m², incluindo um grandioso complexo de águas com piscina externa de 4.000 m² e 15 espaços de jacuzzi, dispõe ainda de um bar molhado tendo uma vista privilegiada para o Cerrado.

O resort também oferece uma estrutura completa para diversão de toda a família com a Jota City, uma cidade exclusiva para crianças onde sustentabilidade e tecnologia são os principais pilares, no qual as crianças aprendem brincando em oficinas criativas e educativas, em quase 1.000m² de muito conhecimento. Além de piscina térmica, Espaço Baby, boliche, cinema, salão de jogos, quadras poliesportivas, campo de futebol e área fitness.



Uma área totalmente voltada ao bem estar dos hóspedes. Essa é a premissa do spa, que conta com exclusivos 3.000m² e tem como plano de fundo uma decoração intimista, com iluminação baixa, e jardins suspensos desenvolvidos pela designer Ana Rocha. Ali, as opções de procedimentos também são indicadas para todas as idades, com um menu especial tanto para os papais quanto para os pequenos. Como exemplo, a criançada pode ter uma experiência dos sonhos com máscaras faciais de arco íris, escalda pés com bolinhas de gude e um banho relaxante de espumas após uma massagem revigorante.

Já o centro de convenções, o maior da região Centro-Oeste, poderá receber, simultaneamente, mais de 3.800 pessoas em seus espaços funcionais e arrojados. Com foyer grandioso, diferentes dimensões entre as salas, que comportam desde pequenos a eventos colossais atendendo assim todos os perfis, espaços arejados e com vista para o hotel e natureza, além de contar com equipamentos de última geração.

Tendo a gastronomia como um diferencial entre os hóspedes, o Grupo Tauá leva a seus resorts o melhor da gastronomia mundial. O Tauá Resort Alexânia trará uma mistura entre as raízes mineiras, ingredientes do cerrado e toques da culinária internacional em um mix da cozinha contemporânea com pratos assinados e desenvolvidos pelo chef Tim Vianna, que oferecerá muito da sua vívida experiência em países como França, Portugal, Moçambique e Espanha. O restaurante principal contará com uma capacidade para 630 convidados, além de 8 bares exclusivos por todo o resort com carta de drinks elaborada especialmente para o empreendimento.

“Chegou a tão aguardada hora. No decorrer desses últimos meses, enfrentamos alguns contratempos e atrasos na obra por conta de dificuldades em relação ao fornecimento de materiais e devido à pandemia. Mas agora, com tudo sendo executados nos mínimos detalhes, estamos animados e ansiosos com a inauguração do Tauá Resort Alexânia. Que seja um momento grandioso e inesquecível” comenta Lizete Ribeiro, Diretora de Comercial e Marketing do Grupo Tauá de Hotéis.

O resort oferece sistema de pensão completa (café da manhã, almoço e jantar), com bebidas cobradas à parte em todos os pacotes disponíveis.

As diárias no mês de inauguração, em especial para o feriado de 2 de novembro, o Grupo oferece tarifas especiais com 3 diárias (entre 30/10 e 2/11), na categoria Superior a partir de R$ 5.757,50 . Já na súite, os valores começam em R$ 6.315,00, para dois adultos e duas crianças (até 12 anos a estadia é gratuita).

Design Inovador
Que tal conhecer uma arquitetura arrojada e internacional? O Tauá Resort Alexânia tem um projeto arquitetônico assinado pelo Studio GAIA, de Nova Iorque. Eles são reconhecidos por trabalhos de alto padrão no meio hoteleiro e são responsáveis pelo design contemporâneo de restaurantes nas principais capitais do mundo.

Pertinho de Brasília
Você leva somente 50 minutos saindo da Capital Brasileira e 1 hora e 20 minutos de Goiânia, para chegar em um pedacinho de outro mundo. E também estamos há 77 quilômetros de um dos maiores hubs do país, o aeroporto de Brasília.

Para se divertir até cansar
Prepare-se, pois, no Tauá Alexânia, as opções de lazer são tantas que a diversão não vai ter fim! Uma piscina enorme com vista para o cerrado e águas quentinhas, 15 jacuzzis para espairecer, spa com nossos procedimentos relaxantes, piscina indoor aquecida, lobby bar e vários espaços kids te esperam para momentos especiais em família! E ainda não acabou, há muitos outros espaços pensados exclusivamente para que sua estada seja inesquecível.

Gastronomia surpreendente
Quem conhece o Tauá, sabe que, para nós, gastronomia é coisa séria. E no Tauá Resort Alexânia, não será diferente. Por lá, pratos da cozinha contemporânea mundial serão servidos em vários ambientes gastronômicos. Hmm, de dar água na boca!






Fotos: Divulgação.

Sobre o Grupo Tauá de Hotéis:
Com um atendimento acolhedor e tendo como principal pilar a cultura do sorriso, o Grupo Tauá de Hotéis é responsável por cinco empresas no setor hoteleiro e reúne dois drives de negócios: lazer e eventos. Os resorts estão em três estados brasileiros: em Minas Gerais, se encontram o Tauá Resort Caeté, o maior resort de Minas, e o Grande Hotel Termas de Araxá, o maior castelo do Brasil. Em São Paulo, temos o Tauá Resort Atibaia, o resort mais divertido de São Paulo e o Alegro Hotel By Tauá. O Grupo se prepara para a inauguração do Tauá Resort Alexânia, localizado a 80 km de Brasília, em novembro. Todos os empreendimentos possuem diferentes áreas esportivas e de lazer, como a Jota City: a metrópole do futuro, Os Taualegres: a equipe de recreação mais animada do universo, quadras poliesportivas, quadras de tênis, salões de jogos, cinemas, piscinas climatizadas, academias, kids clube, quadras, trilhas e wellness. A gastronomia também é um diferencial reconhecido pelos hóspedes, que sempre têm à disposição variedade de sabores, em diferentes culinárias, com destaque para a mineira, claro. As crianças têm atenção especial, com menus exclusivos. As mães têm à disposição copas exclusivas, equipadas para o preparo de comidas específicas para seus bebês. Para informações, acesse: http://www.tauaresorts.com.br.


Os buracos nas vias públicas da cidade estão com os dias contados. A Administração Regional do Guará em parceria com a Companhia Urbanizadora Nova Capital (Novacap) intensificou a operação  tapa-buraco com o objetivo em zerar todos os buracos das ruas do Guará



Fotos: Marcelo Alves.

O órgão recebeu um reforço importante com a destinação de emenda parlamentar do deputado distrital Delmasso no valor de R$ 184.044,74.

Para Diogo de Araújo, que precisa acessar a rua da QE 42, no conjunto F, o serviço chegou em boa hora. "O asfalto estava precisando desse cuidado, passo aqui várias vezes de carro e agora, teremos mais segurança", afirmou o síndico de prédios na região.

A Administração Regional do Guará mesmo no auge da pandemia e do distanciamento social não interrompeu as atividades de manutenção e conservação da cidade, com todos os cuidados recomendados pelas autoridades sanitárias.

"Recebemos um apoio importante do GDF, especialmente com o programa GDF Presente sempre disposto em somar forças seja no reforço de maquinário, de trabalhadores e no atendimento às demandas dos cidadãos guarenses", destacou a titular da regional, Luciane Quintana.

Dados da equipe de obras da pasta revelam que de abril a setembro deste ano, foram utilizadas 466,45 toneladas de massa asfáltica para cobrir buracos. As equipes mapearam todos os locais com os problemas além de contar com os registros apresentados pela população via Ouvidoria 162, site (www.ouv.df.gov.br) e pelo aplicativo e-GDF, na opção Ouvidoria ou Cidades.

Publicidade

CLIQUE AQUI E VEJA MINA CASA, MINHA VIDA VALPARAISO

Tecnologia do Blogger.