A quinta edição da FIMS chega ao último evento de 2021

Em 2021 a quinta edição da FIMS movimentou a cena musical com uma série de eventos e ações que tiveram como objetivo fomentar o ecossistema musical, conectando a cadeia produtiva da música e de redes criativas. Entre junho e novembro foram realizados cursos de capacitação, seminários preparatórios envolvendo ações de formação e profissionalização, festival on line e  lançamento do ebook:” Números para artistas: big data e small data para avaliar estratégias de carreira na música”, com um estudo inédito feito em parceria com a Sonar Cultural. Agora, chegou a hora do evento principal, a tão aguardada conferência FIMS, que acontece de 24 a 27 de novembro em Curitiba.

Durante 4 dias, a FIMS será o ponto de encontro de gravadoras, selos, editoras, programadores culturais, casas de shows, produtores culturais e musicais e músicos iniciantes, amadores e profissionais, o evento reunirá alguns dos mais importantes players e empreendedores da música do país. 

“ A FIMS é um evento que reúne agentes da cadeia produtiva, criativa e formativa da música com o intuito de gerar negócios, colaborar na formação de novos profissionais e, em paralelo, descobrir novos talentos. A programação é pensada não apenas para artistas, mas também a quem movimenta e tangencia o mercado musical: empresários, produtores, selos, gravadoras, diretores de festivais, music supervisors, criadores de trilhas musicais, fotógrafos, diretores de vídeos, roteiristas, gamers, e vários outros”, afirma Téo Ruiz, organizador da FIMS.

Com uma programação extensa, que inclui Rodada de Negócios, oficinas, workshop, bate-papo e mostra de videoclipes, a conferência vai agitar a capital paranaense ocupando importantes cenários culturais como o Portão cultural e o Cine Passeio.

Atração a parte em todas as edições da FIMS, o circuito off vem com tudo nessa edição, todos os dias acontecem shows imperdíveis. A programação completa está no site: www.fims.com.br  

Showcase

Músicos de todo o Brasil e da América do Sul se inscreveram para participar do Showcase. Ao todo, foram 150 bandas inscritas e a curadoria da FIMS teve muito trabalho para selecionar os finalistas. São eles: 2DE1 – São Paulo, Afoicuré  - Chile, Batanga & Cia – São Paulo, Brune – Curitiba, Doralyce-  Pernambuco,  Flor E – Rio Grande do Sul, Giana Cervi e Vê Domingos – Santa Catarina, Jesus Lumma – Santa Catarina, Juliana Linharaes, Rio Grande do Norte, Kluber – Curitiba, Mariana Ramos – Curitiba, Meneio – São Paulo, Nunes – Santa Catarina, Pacha Ana – Mato Grosso do Sul, Siamese – Curitiba, Thais Morell - Curitiba e Thiago Ramil  - Rio Grande do Sul. Além dos selecionados os suplentes que ainda podem ser chamados são: Leo Fressato, Notívagos, Kléber Albuquerque, Mazzim, Bruna Lucchesi e Vinicius Bastos Gomes, Cidrais, Carla Sceno, Nix, Leon Adan e Rapuso de Curitiba, além de Puçanga de Portugal e Kaleema da Argentina.

 

Rodadas de Negócios

As rodadas de negócios foram pensadas para estimular parcerias e despertar o interesse comercial comum por meio do intercâmbio entre as empresas e profissionais.  Na FIMS, a Rodada de Negócios será realizada pelo Sebrae/PR. Nomes como Barral Lima, Camila Mira, Sergio Chiavazzoli, Aryane Sánches, Val Filho e João Cabral vão ministrar os workshops que acontecem no Portão Cultural. O workshop com Danieli Corrêa, acontece me formato híbrido( presencial e online) e será realizado no Cine Passeio.

Passaporte FIMS

O Passaporte para participar de todas as atividades da conferência já pode ser adquirido pelo site pelo valor promocional de R$ 60 e R$ 30 meia entrada.

Programação

24 de novembro

14h às 15h

Rodadas de networking (Sebrae-PR)

14h30 às 16h

Masterclass com Raul Machado

15h às 18h

Matchs qualificados (Sebrae-PR)

15h10 às 15h30

Showcase 1 - Palco UBC

15h30 às 16h30

Mesa: "Políticas afirmativas em eventos de música"

16h às 17h30

Workshop Barral Lima (UN Music)

16h40 às 17h

Showcase 2 - Palco UBC

17h às 17h30

Intervalo AIMEC

17h30 às 19h

Workshop Camila Mira (Palco Web)

17h40 às 18h

Showcase 3 - Palco UBC

18h às 19h

Mesa: "Sul da onde?"

19h10 às 19.30h

Showcase 4 - Palco UBC

19h30

Intervalo e deslocamento

20h

Recepção dos convidados, exibição de videoclipes e coquetel

22h

INÍCIO CIRCUITO OFF

 

25 de novembro

14h às 15h

Rodadas de networking (Sebrae-PR)

14h30 às 16h

Workshop Sergio Chiavazzoli (Chiavazzoli Produções)

15h às 18h

Matchs qualificados (Sebrae-PR)

15.10 às 15.30h

Showcase 1 - Palco Copel

15h30 às 16h30

Palestra: "Quais números tenho que olhar para avaliar meu desempenho na música?"

16h às 17h30

Workshop Aryane Sánchez (Fórum de Produtores Culturais)

16h40 às 17h

Showcase 2 - Palco Copel

17h às 17h30

Intervalo AIMEC

17h30 às 19h

Masterclass com Getúlio Abelha

17h40 às 18h

Showcase 3 - Palco Copel

18h às 19h

Mesa: "A música instrumental no mercado"

19h10 às 19h30

Showcase 4 - Palco Copel

19h30

Intervalo e deslocamento

21h

INÍCIO CIRCUITO OFF

26 de novembro

14h às 15h

Rodadas de networking (Sebrae-PR)

14h30 às 16h

Workshop Danieli Corrêa (UBC)*

15h às 18h

Matchs qualificados (Sebrae-PR)

15h10 às 15h30

Showcase 1 - Palco Canja

15h30 às 16h30

Mesa: "Políticas públicas e a participação da sociedade cultural"

16h às 17.30h

Workshop Val Filho (AIMEC)

16h40 às 17h

Showcase 2 - Palco Canja

17h às 17h30

Intervalo AIMEC

17h30 às 19h

Workshop João Cabral (Rosa Neon)

17h40 às 18h

Showcase 3 - Palco Canja

18h às 19h

Mesa: "Curadorias em um contexto híbrido"

19h10 às 19h30

Showcase 4 - Palco Canja

19h30

Intervalo e deslocamento

20h

INÍCIO CIRCUITO OFF

 

Sobre a FIMS 2021

Na sua quinta edição a FIMS busca alcançar um novo patamar no mercado fonográfico. Muito mais do que uma feira que pretende estimular a geração de negócios, emprego e renda no mercado musical, em especial do sul do país, a partir deste ano pretendemos assumir de vez a condição de agregador regional de tendências.
Um evento completo, com várias facetas, que não acontece apenas em um ou dois dias, mas que se desdobra ao longo do ano em inúmeras ações de formação, profissionalização, divulgação, aceleração de carreiras, pesquisa de mercado, e levantamento de dados de mercado. Sem esquecer o networking que é essencial para o desenvolvimento profissional de artistas e bandas.

 


Postar um comentário

0 Comentários