Hospital Estadual de Luziânia participa de Mutirão da Saúde

Ação ofereceu 15 diferentes serviços de saúde para a população do Jardim Ingá


Cuidar da saúde do paciente vai muito além dos serviços prestados dentre as paredes de uma unidade hospitalar. O Hospital Estadual de Luziânia (HEL) segue à risca esse pensamento e auxilia quem necessita. Neste final de semana, profissionais da unidade participaram do Mutirão da Saúde, realizado pelo Governo do Estado de Goiás, no bairro Jardim Ingá.

Durante a ação foram oferecidos pelo HEL os exames de ultrassom, eletrocardiograma, ecocardiograma e USG-MMII (Ultrassom doppler). No total foram realizados 204 exames pelo hospital, que contemplaram pacientes de Luziânia, Jardim Ingá e outros municípios da região. Além disso, a população teve acesso as vacinas contra a covid-19, influenza, tríplice viral e outras doses de rotina.

Durante o projeto, a unidade móvel do Hemocentro de Goiás esteve presente para receber doações de sangue. Também compareceram a Carreta da Prevenção ao Câncer de Mama e Colo Uterino e o ônibus da Fundação Banco de Olhos de Goiás (Fubog), oferecendo exames de auto refração e tonometria.

Entre os colaboradores do HEL presentes esteve a médica Natália Araújo, que explicou a importância do exame de Ultrassom Doppler Arterial e Venoso. “Esse exame auxilia o corpo médico a encontrar problemas de circulação arterial e venosa dos pacientes. Quem tem varizes, insuficiência venosa, úlcera, problema arterial e diabetes”, explica. “Sabemos da demanda reprimida de pacientes que optam por não procurar ajuda médica diretamente nos hospitais. Trazer exames como esse para a população por meio de um mutirão, perto de suas residências, facilita um tratamento ou mesmo de uma possível intervenção cirúrgica”, complementa Araújo.

Para o diretor-geral do Hospital Estadual de Luziânia, Francisco Amud, a oferta de exames e atendimento médico para a população fora do hospital, garante que o paciente não necessite esperar dias para realizar um exame. “Ofertamos diretamente exames que a população necessita com certa frequência, como ecografia e ultrassom, de forma rápida e segura, sem a necessidade de uma grande locomoção ou demora nos resultadso dos exames”, finaliza.

Postar um comentário

0 Comentários