Não sabe vender? Aprenda a ter melhores resultados

 Mohamed Gorayeb, mentor de venda direta responsável por treinar mais de 1,2 milhões de pessoas, explica como profissionais de diferentes áreas podem otimizar as suas vendas




Toda empresa precisa de clientes e para ter clientes é necessário saber sobre vendas. Essa habilidade garante o movimento do fluxo de caixa. Diferentes áreas - seja na saúde, agronegócio, roupas, cosméticos, entre outras – dependem das vendas para lucrar, porém, nem sempre os cursos e faculdades abordam sobre esse tema.

“Quando a pessoa aprende sobre vendas, ela literalmente aprende a fazer dinheiro. Todo empreendedor deve saber vender, pois mesmo que ele não esteja na linha de frente do comercial, ele tem que ao menos saber vender as suas própria ideias. Todos nós somos um pouco de vendedores. Quando uma pessoa compra um produto, na grande maioria das vezes ela está comprando também os argumentos do vendedor. Essa habilidade pode ser lapidada em qualquer pessoa, mas, para isso, é necessário disciplina. É importante fazer a engrenagem de vendas rodar pois quando você menos esperar estará obtendo resultados melhores do que você sonhou”, comenta Mohamed Gorayeb, especialista e mentor de venda direta que auxiliou mais de 1,2 milhões de pessoas - inclusive equipes comerciais de grandes marcas nacionais e internacionais - a otimizarem os seus resultados.

Confira abaixo as dicas de Mohamed Gorayeb para a otimizar as suas vendas:


                                     Mohamed Gorayeb, especialista e mentor de venda direta


Disciplina e motivação
Muitas pessoas confundem disciplina com motivação. Ambas as virtudes são essenciais. A motivação vem de um por quê. Por que a pessoa acorda todos os dias pela manhã para trabalhar? De acordo com Gorayeb existem técnicas para estimular a motivação. Cole o motivo, a sua razão de acordar todas as manhãs, na geladeira, por exemplo. Já a disciplina é a engrenagem rodando. Tenha uma ficha impressa dos clientes. Utilize um aplicativo para inserir os dados dos clientes. Imprima um calendário do próximo trimestre com todos os dias e meses correspondentes. Coloque o horário que começa a trabalhar, o horário de encerramento e os dias que não for trabalhar. Deixe tudo marcado. Quando se está no comando do próprio negócio, você não deve abandonar as cargas horárias que tinha como CLT. A diferença é que agora você irá trabalhar para si mesmo.

Como lidar com o “não”
Muitos vendedores acabam se desmotivando rapidamente e grande parte disso acontece pelo fato das suas vendas serem recusadas. Segundo Mohamed, isso ocorre porque o vendedor vai com o pensamento de receber o “sim” em cada abordagem que fizer. Quando se tem esse tipo de expectativa, é comum ficar desanimado. O mentor de vendas direta aconselha mudar o modelo mental. “Ao invés de começar as vendas esperando receber o tão desejado ‘sim’, que tal montar uma meta na qual você tem que conquistar ’10 nãos’”? Essa técnica pode parecer loucura, mas além de você aprimorar as suas habilidades em vendas, irá se surpreender com a quantidade de vendas que vai realizar. E o melhor, não irá ficar desmotivado”, comenta Gorayeb.

Empatia
“Por que as pessoas vão querer comprar de você? Primeiro, a pessoa não compra o seu produto ou serviço, inicialmente, a pessoa compra você. Você pode oferecer o seu melhor produto e serviço, mas se ela não gostar de você ela não irá comprar o seu produto. Quando uma pessoa fecha negócio com outra, é porque ela gostou da pessoa que propôs. Se identificou e sentiu confiança. Então, na realidade, temos que buscar que a pessoa goste de nós. Com técnica isso é completamente possível. Como fazemos isso? Por meio da identificação, ou seja, buscando parecer com o cliente”, comenta Gorayeb. De acordo com o especialista, é necessário ter empatia e buscar enxergar o mundo pelos olhos do cliente. Além disso, é possível gerar um “efeito espelho” na pessoa externando o seu comportamento gestual e até mesmo a respiração.

Seja um especialista
Busque ser um especialista naquilo que vende. Transmita segurança ao cliente. Não seja apenas um “empurrador” de produtos e serviços, mas procure realmente solucionar os desejos e as dores dos seus clientes. Clientes compram de especialistas. Coloque sempre na sua cabeça de que você é autoridade no mercado que está atuando. Você é referência. Quanto mais pensar dessa maneira, melhores serão os seus resultados.

Técnicas e argumentação
Muitos clientes possuem uma resistência para realizar a compra. Nesse caso, Mohamed indica algumas técnicas e argumentações. Uma delas, é utilizar um cenário futuro, no qual a pessoa já comprou o produto ou serviço e agora se beneficia de sua utilização. "Imagine como você vai ficar feliz ao utilizar esse perfume. Como você irá sorrir ao notarem esse cheiro nos ambientes em que estiver”, exemplifica Gorayeb. Uma outra técnica, essa muito utilizada caso a pessoa tenha uma resistência a precificação, é ver o preço sobre uma outra ótica. Por exemplo: quanto custa aquele valor caso seja parcelado por dia? Um produto de 300 reais custaria 10 reais por dia em um mês. Ao ver sob outro ponto de vista, a pessoa não fica com o valor original do produto na mente e sim o valor que ele custaria por dia.




Postar um comentário

0 Comentários