Brasília vai Ferver em 2027: Copa do Mundo Feminina Chega com Tudo!

Arena BRB Mané Garrincha Confirmada como Palco para Oito Jogos Sensacionais!

Brasília vai ser o epicentro do futebol feminino em 2027! A Arena BRB Mané Garrincha, bem no coração da cidade, vai receber nada menos que oito partidas da Copa do Mundo Feminina, incluindo uma semifinal. Com essa vitória, o Brasil desbancou Alemanha, Bélgica e Holanda, e se prepara para um show de bola histórico!

Por Catarina Loiola, da Agência Brasília | Edição: Vinicius Nader


Brasília e outras nove cidades brasileiras serão palco da Copa do Mundo Feminina de 2027. O Brasil foi anunciado como sede do torneio nesta sexta-feira (17), no Congresso da Federação Internacional de Futebol (Fifa), na Tailândia. A Arena BRB Mané Garrincha foi uma das mais bem avaliadas durante a votação e deve receber oito partidas: cinco jogos da fase de grupos, um de oitavas, um de quartas e uma semifinal.

Localizado a menos de um quilômetro dos setores hoteleiros da cidade, próximo do metrô e da rodoviária, o estádio foi reconstruído e inaugurado para receber a Copa das Confederações (2013) e a Copa do Mundo (2014). No torneio mundial masculino, sete partidas ocorreram em solo brasiliense.

O Brasil venceu a concorrência de Alemanha, Bélgica e Holanda e sediará a Copa do Mundo de 2027 | Foto: Arquivo Agência Brasília

O espaço também já recebeu diversos eventos esportivos, como o torneio internacional de Beach Tennis, a Copa do Brasil e os jogos de futebol dos Jogos da Olimpíada – Rio 2016, além de apresentações culturais, incluindo shows do Paul McCartney, Maroon 5, Beyoncé, Black Eyed Peas e Shakira.

Considerado histórico e icônico, o estádio foi um dos mais bem avaliados pela Fifa, recebendo nota 3,9 em relação à infraestrutura, junto à Arena de Pernambuco, Arena Fonte Nova e Estádio Beira-Rio. A Arena BRB Mané Garrincha foi entregue para a iniciativa privada pelo Governo do Distrito Federal (GDF) em 2020. Desde então, a gestão completa é de responsabilidade da empresa do consórcio Arena BSB.

Para o secretário de Esporte e Lazer do DF, Renato Junqueira, a confirmação de que a Copa do Mundo Feminina de 2027 será no Brasil é uma boa notícia para nosso país. “Esse evento não apenas fortalece o esporte feminino, mas também gera empregos, renda e impulsiona o turismo em nossa cidade. Além disso, é mais uma prova que Brasília está pronta para receber grandes eventos. Será uma oportunidade para mostrarmos nossa capacidade e hospitalidade”, ressalta.

O DF é considerado um polo gastronômico do país, situando-se entre as cinco cidades brasileiras com maior visitação náutica e dispondo de um grande parque hoteleiro com mais de 400 hotéis, de acordo com o Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Brasília (Sindhobar). Além disso, dispõe da coleção Rotas Brasília, um conjunto de roteiros prontos com opções gratuitas de lazer e cultura organizados por segmentos, como a Rota do Café e do Rock.

O Brasil chegou à vitória com o slogan Uma Escolha Natural

“Brasília está preparada para receber mais este grandioso e importante evento esportivo. A Copa do Mundo de Futebol Feminino irá trazer uma movimentação intensa para todo o setor de turismo, aquecendo a economia e gerando emprego e renda”, enfatiza o secretário de Turismo, Cristiano Araújo. “O nosso estádio é um dos maiores e mais bonitos do país e temos a estrutura completa para o visitante, desde o aeroporto até a rede hoteleira”.

Inédito

O Brasil foi escolhido como sede da copa feminina após votação, vencendo por um placar de 119 votos a 78 a Bélgica, a Alemanha e a Holanda. Esta será a primeira vez que a América do Sul receberá o torneio. Antes, o país organizou o Mundial masculino de 1950 e o de 2014.

Durante a votação, o Brasil apresentou o slogan “Uma Escolha Natural”, em defesa a pilares como direito das mulheres, sustentabilidade econômica, social e ambiental, e em referência aos povos originários e às riquezas naturais.

O projeto brasileiro estipula que a copa ocorra entre os dias 24 de junho e 25 de julho de 2027. Ao todo, 32 países disputarão a taça, sendo que, por ser a anfitriã, a seleção brasileira já está classificada. Além de Brasília, os jogos vão ser celebrados em Fortaleza, Manaus, Recife, Salvador, Bahia, Cuiabá, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e São Paulo.


Emerson Tormann

Técnico Industrial em Elétrica e Eletrônica com especialização em Tecnologia da Informação e Comunicação. Editor chefe na Atualidade Política Comunicação e Marketing Digital Ltda. Jornalista e Diagramador - DRT 10580/DF. Sites: https://etormann.tk e https://atualidadepolitica.com.br

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem