Famílias do Riacho Fundo II são beneficiadas com doações de sabonetes

Pontos de arrecadação de itens de higiene continuam recebendo donativos


Fotos: Renato de Castro.

A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) está há quase seis meses auxiliando famílias em situação de vulnerabilidade social. Desde maio, quando foi lançada a Campanha Solidária “Os cuidados com a higiene pessoal salvam vidas. Faça a sua doação. Ganhe um coração aquecido!”, foram distribuídos mais de 10 mil sabonetes e barras de sabão, arrecadados pela empresa pública.

Recentemente, a Gerência de Qualidade de Vida e Responsabilidade Social (SGPQ) da Caesb esteve na instituição Centro Social Reviver do Riacho Fundo II para entregar 800 sabonetes a 200 famílias da região. A instituição atende pessoas com problemas de saúde com doações de roupas, alimentos, móveis, remédios, materiais de higiene e assistência afetiva, física e emocional. O trabalho é feito em conjunto com a Pastoral da Saúde da Paróquia Medalha Milagrosa do Riacho Fundo II.

“Ajudamos famílias que não têm nada. Neste momento de pandemia, a doação dos sabonetes vai auxiliar na prevenção ao coronavírus. Agradeço a Caesb pelo apoio e espero que a empresa continue com esse trabalho que leva solidariedade aos mais necessitados e estimula os que podem doar”, agradeceu Gidelma da Silva, presidente do Centro Reviver.

A ação solidária da Caesb foi lançada com o objetivo inicial de ajudar famílias de 450 crianças e adolescentes atendidos pelo Golfinho, um projeto de responsabilidade social da Companhia. Com o sucesso das doações, a Empresa decidiu manter os pontos de arrecadação e distribuir os itens de higiene para outras instituições sem fins lucrativos até o fim da pandemia de Covid-19. A Companhia já doou cerca de 10 mil itens de higiene pessoal. Os artigos continuam sendo recebidos nas portarias das unidades Sede e SIA da Caesb, na sede do Biotic e na ótica Audrey Brants, na Asa Sul.

Entre os doadores, desde o início da campanha, estão os próprios empregados e aposentados da Caesb, associados da Caesb Esportiva e Social (Caeso), equipes do Parque Tecnológico de Brasília (Biotic) e da Secretaria de Comunicação do Governo do Distrito Federal (Secom) – que se uniram à campanha e viraram pontos de coleta dos itens –, as empresárias Heloísa Helena e Pollyana Prudente, a Drogaria Brasil, o servidor do TJDFT, Michael Xavier, a Mirante Incorporações – que iniciou a campanha doando 2 mil sabonetes, o Shopping DF Plaza, a Rede D’Or, que doou 3,6 mil sabonetes, psicólogos e neurocientistas da HeartBrain, o Instituto Plástica Oclusal - IPO Palmieri, a ótica Audrey Brants, além de advogados de Brasília e pessoas anônimas da comunidade que estão deixando suas doações nos pontos de coleta.