Entenda qual é o melhor momento para a empresa passar pelo processo de fusões e aquisições

Em um levantamento recente feito pela consultoria Alvarez & Marsal, o mercado de fusões e aquisições se prepara para crescer 25% ainda em 2021. Baixas taxas de juros e alta liquidez oferecida por bancos centrais mundo afora, impulsionam bolsas de valores e aquecem este mercado.

O CEO da GoNext Governança e Sucessão, Eduardo Valério, explica que este mercado tem uma dinâmica própria. Segundo o especialista em governança corporativa, quando as empresas atingem determinados níveis de crescimento, esses níveis ficam cada vez mais complexos e exigem investimentos e gestão maiores. Neste movimento, as empresas são assediadas por grupos ou fundos de investimentos, com o objetivo de acelerar o crescimento destas companhias já consolidadas e, consequentemente, dar novos saltos.

“É justamente aí que começam as grandes movimentações nos mercados de fusões e aquisições das empresas, que é um processo natural da economia aberta. Empresas que se juntam com outras visando se fortalecer num mercado cada vez mais competitivo”, explica Valério.

Normalmente um dos objetivos do processo de fusão e aquisição é que essa empresa que foi adquirida receba a injeção de um determinado capital para crescer de forma acelerada e possa, então, ter o corte mínimo necessário para abrir o seu capital na bolsa de valores, ou seja, vender ações.

Maturidade

A maturidade de uma empresa acontece de várias maneiras. Quando se tem taxas de crescimento estáveis por muitos anos a fio, um pouco superior a inflação do ano, isso é sinal que a empresa está numa maturidade, até perigosa, porque pode estar caminhando para uma estagnação, ou seja, não está crescendo.

É natural que para ter novos ciclos de crescimento em uma empresa se evite a estagnação. No caso das empresas familiares, é importante que as novas gerações venham para mudar esses patamares, para que ela continue crescendo. Muitas vezes as competências são encontradas dentro da família, outras vezes não.

“Quando a empresa está num estágio de maturidade, e não encontra perspectivas dentro da família com sucessores capazes de fazer essa virada, a empresa começa a ver a possibilidade da venda, para que continue viva nas mãos de outros donos. Assim, os donos originais receberão pela empresa um valor justo de mercado por aquele negócio e poderão iniciar um novo projeto”, comenta Valério.

Para fazer a aquisição e promover esse movimento de crescimento da empresa, existe uma metodologia realizada por empresas especializadas. “É um trabalho muito bem estruturado, que exige experiência e conhecimento de mercado para a execução. O planejamento estratégico deve ser transformado num plano de negócio, que é consolidado em números e projeções financeiras”, esclarece o especialista.

De acordo com Valério, no plano estratégico tem que haver todas as simulações do que é mais vantajoso, que não quer dizer que seja mais barato. A estratégia de quem vai vender também tem que estar clara. “Muitas vezes a empresa não consegue fazer frente aos desafios do seu setor, seja por dificuldade de acessar recursos, dificuldade de acessar tecnologias necessárias para se manter competitiva, e mais do que tudo, é preciso conscientização sobre a hora de sair de cena”, pontua.

“Muitos empresários acham que é uma derrota vender a empresa, mas eu digo que é o contrário, é uma vitória, pois ele chegou com a empresa até este momento, vai receber um valor justo de mercado para contemplar todos os anos de luta. Portanto, não é um ato de vergonha ou derrota, é um ciclo natural da empresa”, destaca o especialista.  

GoNext Talk

Se você deseja saber mais sobre o assunto, a GoNext acaba de lançar o quinto episódio do podcast GoNext Talk com o tema: “Como a governança corporativa influencia o processo de fusões e aquisições”, com a participação do especialista Eduardo Valério. O podcast está disponível no site da GoNext e também nas plataformas: Youtube, Anchor, Spotify, RadioPublic, Breaker, Google Podcast e Pocket Casts.
Ouça o novo episódio do GoNext Talk:
Episódio 05: Como a Governança Corporativa influencia o processo de Fusões e Aquisições? by GoNext Talk (anchor.fm)

 

Sobre a GoNext Governança & Sucessão: consultoria especializada na implantação do sistema de governança corporativa e sucessão em empresas familiares. Fundada em 2010, atua com metodologia exclusiva para a profissionalização, elaborada a partir da experiência adquirida em mais de 180 projetos atendidos no Brasil e nos EUA. A equipe de consultores desenvolve planejamento personalizado, de forma integrada aos objetivos e necessidades de cada cliente. Em 2021, a consultoria estreou no mercado de franquias, dentro dos planos de expansão da marca. Saiba mais: www.gonext.com.br

 

 

Postar um comentário

0 Comentários