Cursos técnico-profissionalizantes da Seduc crescem 150%

Número de estudantes matriculados em cursos da Educação Profissional e Tecnológica da rede pública estadual de Educação registra aumento superior a 150% (Foto: Seduc/GO)
Número de estudantes matriculados em cursos da Educação Profissional e Tecnológica da rede pública estadual de Educação registra aumento superior a 150% (Foto: Seduc/GO)

Por Juliana Carnevalli - Agência Cora Coralina

A rede pública estadual de Educação de Goiás registrou um aumento superior a 150% no número de estudantes matriculados em cursos técnico-profissionalizantes. O total de matrículas nos 15 cursos da Educação Profissional e Tecnológica ofertados nas escolas estaduais passou de 3.319 no ano letivo de 2023 para 8.490 em 2024.

"Para atender a essa demanda, a rede estadual ampliou a oferta de turmas destinadas a formação técnica, passando de 146 em 2023 para 242 em 2024", explica o gerente de Educação Profissional da Secretaria de Estado da Educação (Seduc/GO), Andrei Pires.

O programa Jornada para o Futuro, uma parceria entre as secretarias de Estado da Educação e de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), é um dos responsáveis pelo crescimento no número de matrículas.

Desenvolvida de forma piloto em 14 Centros de Ensino em Período Integral, a iniciativa levará cursos de Desenvolvimento Web e CyberSegurança aos estudantes do ensino médio em tempo integral a partir do ano letivo de 2024.

A rede estadual oferta ainda outros 14 cursos técnicos aos estudantes de ensino médio em 75 escolas estaduais, nas áreas de Informática; Química; Administração; Dança; Instrumento Musical; Teatro; Alimentos; Comércio; Contabilidade; Marketing; Logística, Segurança do Trabalho, Recursos Humanos e Vendas.

Andrei Pires ressalta que a formação dos estudantes matriculados nesses cursos ocorre de forma concomitante à educação básica, possibilitando a qualificação profissional no decorrer das três séries do ensino médio.

"Além de formação geral básica, que oportuniza a esse estudante a continuidade dos seus estudos, os cursos oportunizam a entrada no mundo do trabalho. Eles (estudantes) já saem com uma formação técnica-profissional", esclarece o gerente.

Matrícula

Apesar do crescimento no número de matrículas, ainda há vagas na Educação Profissional e Tecnológica da rede estadual. O aluno de ensino médio interessado deve procurar uma das 75 escolas que ofertam os cursos para obter informações, verificar se há vaga e efetuar a matrícula.

A lista completa das escolas e dos respectivos cursos ofertados pode ser consultada no site da Secretaria da Educação.

Emerson Tormann

Técnico Industrial em Elétrica e Eletrônica com especialização em Tecnologia da Informação e Comunicação. Editor chefe na Atualidade Política Comunicação e Marketing Digital Ltda. Jornalista e Diagramador - DRT 10580/DF. Sites: https://etormann.tk e https://atualidadepolitica.com.br

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem